Imagem de crianças com um tablet em sala de aula. A foto ilustra post que fala sobre a importância de deixar o digital substituir o papel em sala de aula.

COMPARTILHE

Otimizar para preservar: como deixar o papel dar lugar ao digital

Tempo estimado de leitura: 2 minutos (404 palavras, 2385 caracteres)

É inegável que o papel foi uma invenção importantíssima para a humanidade: com ele, a informação atravessou oceanos e provocou revoluções. Mas a próxima revolução, que terá de passar pelas escolas, é justamente encontrar novas alternativas que nos ajudem a ir ainda mais longe.

 

Se, por um lado, é importante que tenhamos tudo devidamente documentado e registado, por outro, cada vez mais, os sistemas possuem recursos que nos permitem otimizar as atividades, além de torná-las mais acessíveis para todos os envolvidos no processo educativo.

 

Tomemos a “chamada” como exemplo: um professor que dê aula a diversas turmas no mesmo dia pode acabar por ter de carregar um verdadeiro fardo de listas de presença, ou, pior, trazer os registos das turmas do dia errado. Daí surge aquela folhinha passando de mesa em mesa, às vezes perdendo-se – mas sempre distraindo.

 

Registar as presenças em um sistema online é um ganho que ultrapassa os limites da sala de aula. Os pais, em vez de ficarem esperando pelo fim do período, podem verificar diariamente a presença dos filhos. Além disso, a possibilidade de agregar os dados gera novas percepções invisíveis no papel. Por exemplo, será que os alunos faltam mais no dia em que há matemática? Ou nas sextas-feiras de sol?

 

Os ambientes de trabalho e de comunicação tornam-se integrados. O mesmo sistema que regista as presenças, que agrega os dados e que gera os relatórios, pode ser vinculado a uma ferramenta que dispara mensagens com alertas pré-programados, revertendo tendências negativas e aprimorando o trabalho continuamente.

 

Outro bom exemplo de melhorias pequenas e efetivas no dia a dia está nos recados e autorizações, de inúmeros tipos. Tanto um recado colado na agenda do aluno como uma autorização passada pelos pais pode ser perdido – até mesmo falsificados – mas não com uma boa ferramenta de certificação digital.

 

Pensou em um exemplo que faltou aqui? Não se preocupe, a nossa série de aprimoramentos com a substituição do papel pelas ferramentas digitais continua.

 

Leia mais
– Gestão: como simplificar tarefas e gerar economia para a escola
– 5 motivos pelos quais os estudantes precisam de tecnologia em aula

 

Quer saber como começar a substituir o papel pelo digital? Conheça a ClipEscola e descubra!

 

CE_CTA_eBook_apresentacao