Skip to content
Férias de verão

COMPARTILHE

23 de dezembro - 2019

5 dicas para os professores relaxarem nas férias de verão

Tempo estimado de leitura: 5 minutos (1004 palavras, 5746 caracteres)

Durante o ano a vida dos professores é aquela correria: planejamento de aulas, correção de provas, organização de atividades, etc. Nas férias de verão as coisas são bem diferentes. É o momento de relaxar e renovar as energias para, no próximo ano letivo, poderem voltar com gás total.

 

Se você é professor e ainda não fez um cronograma de atividades para dar “aquele relax” nesse período, fique tranquilo que pensamos nisso por você. Aqui vão algumas dicas de opções para desestressar da correria do dia a dia:

 

1. SPA

 

SPA é praticamente sinônimo de relaxamento. Aposto que só de pensar em algo relaxante já veio à sua mente a imagem de atividades que são praticadas em SPAs, como massagens e pedras quentes, não é? 

 

Se o seu bolso doeu só de imaginar essa possibilidade, você pode se surpreender. Você consegue comprar pacotes em sites de compras coletivas com até quatro serviços inclusos por cerca de R$120. Veja um exemplo aqui. Viu? Nada de outro mundo.

 

Confira algumas das práticas que podem ser encontradas em um SPA:

 

  • Massagem (com várias finalidades diferentes)
  • Aromaterapia
  • Terapia de pedras quentes
  • Esfoliação
  • Drenagem linfática
  • Reiki
  • Hidroginástica
  • Shiatsu
  • Hidroterapia com argila
  • Banho de Lua dourado
  • Banhos terapêuticos
  • Escalda-pés
  • Parafango
  • Gomagem
  • Talassoterapia

 

Já se imaginou fazendo tudo isso? E há muitas outras atividades que podem ser encontradas. Com certeza se relaxar é o seu objetivo, essa é uma boa opção para você.

 

2. Águas Termais

 

Águas termais são opções excelentes para relaxar nas férias de verão. Elas são provenientes de uma fonte termal subterrânea que é aquecida por processos de vulcanismo ou mesmo pelo gradiente geotérmico, que é a variação de temperatura do interior da Terra.

 

Ricas em antioxidantes, essas águas protegem a pele dos danos causados por fatores como poluição, maquiagem, calor, frio e estresse. Elas também possibilitam a reposição de nutrientes para os cabelos, amenizam irritações e coceiras, aliviam a sensação de queimaduras solares e possuem ação calmante e cicatrizante. Ou seja, águas termais são tudo de bom!

 

As nascentes de águas termais podem ser encontradas por todo o planeta. No Brasil, elas estão presentes em diversos estados. A forma mais fácil de ter contato com elas é por meio de parques aquáticos, mas também estão presentes em alguns locais abertos e casas de banho (com banheiras individuais).

 


3. Meditação

 

Meditação é uma prática excelente para relaxar! Ela diminui a ansiedade, melhora o sono, controla a pressão arterial, diminui o estresse, melhora as dores crônicas e a depressão, ajuda na concentração e na memória, aumenta a imunidade e melhora a cognição.

 

Há uma grande variedade de linhas para a prática de meditação, e você pode encontrá-las em canais do YouTube, no Spotify ou em aplicativos específicos. A atividade pode ser realizada tanto individualmente quanto de maneira coletiva, e pode ser guiada (quando há uma voz trazendo orientações) ou não (quando há apenas sons).

 

Se você mora em cidades litorâneas, uma dica é aproveitar as férias de verão para meditar em praias, sobretudo aquelas que possuem pedras e espaços verdes no entorno. Parques também são excelentes opções para quem mora longe das praias. Mas se não houver um local assim, não se preocupe, a meditação pode ser feita até dentro de casa.

 

4. Yoga

 

Fazer aulas de yoga é uma outra maneira de aproveitar as férias de verão para relaxar. A prática alivia dores corporais, regula as glândulas adrenais, melhora o equilíbrio e o foco, aumenta o controle do sistema nervoso, alivia a tensão, melhora a qualidade do sono e da respiração, aumenta a autoestima e melhora a circulação sanguínea.

 

O Yoga, assim como a meditação, possui várias linhas. Você pode pesquisar sobre elas e buscar por estúdios que contemplem a linha que você mais se identificou. Caso prefira, também pode procurar por aulas online e praticar sozinho em em algum lugar da sua escolha. Uma boa ideia é optar por um local em que você possa ter contato com a natureza.

 

5. Jardinagem

 

Você sabia que jardinagem relaxa? Mexer com a terra diminui o estresse, a ansiedade e a depressão. Além disso, faz com que o praticante se exponha mais ao sol, aumentando a absorção de vitamina D pelo corpo. Os produtos da jardinagem também podem ser consumidos, e são mais saudáveis, pois não contêm agrotóxicos. Sentiu a quantidade de benefícios?

 

Se você não possui um jardim, nada impede que você faça hortas dentro de casa. Há várias formas de fazer isso. As horas podem ser suspensas, podem ficar na parede da sacada, em um cantinho do chão ou em cima de suportes. Querendo, sempre há uma maneira.

 

Aí chega a dúvida, o que plantar? Você pode plantar temperos, legumes e verduras. Em supermercados você encontra pacotinhos com sementes e até mudas. Se preferir, pode também preparar suas próprias mudas. Na internet você encontra vídeos que te ensinam a fazer isso, bem como a adubar a terra, a regar a horta, a eliminar pragas e tudo o mais que você precisar saber. São as vantagens dos tempos digitais 🙂

 

Leia mais
– Férias de professores: 10 lugares para conhecer, aproveitar e aprender
– Colônias de férias: 6 dicas para acertar na escolha

 

E então professor, já escolheu qual atividade relaxante você vai fazer no período de férias de verão? Conte para a gente aqui nos comentários!

 

Infográfico - Matrículas

AUTOR:

Graziela Balardim

A autora é Jornalista, pós-graduada em Produção Multimídia e atua na ClipEscola como Conteudista de Marketing Digital.