Skip to content
Aprendizagem da língua inglesa

COMPARTILHE

20 de setembro - 2019

A importância dos familiares na aprendizagem da Língua Inglesa

Tempo estimado de leitura: 6 minutos (1182 palavras, 7046 caracteres)

O apoio e o incentivo familiar são fundamentais no processo de aprendizagem de jovens e crianças. Pais e responsáveis devem acompanhar o que é trabalhado em sala de aula, oferecer condições apropriadas de estudo em casa e equilibrar cobranças e incentivos na medida certa. Isso também não seria diferente com relação à aprendizagem da língua inglesa. Por mais que a cultura anglófona esteja bastante presente em nosso cotidiano, adquirir uma nova língua é um processo contínuo, e o exemplo e apoio familiar podem fazer a diferença. 

 

Quer saber mais sobre o tema? Então, continue com a gente e veja sete formas que pais e responsáveis podem contribuir com o ensino do inglês.

 

Identificação de dificuldades 

 

O acompanhamento do aprendizado de crianças e jovens por parte dos familiares é fundamental por diversas razões. Uma das principais delas é a identificação de possíveis dificuldades. Ter um bom relacionamento com a escola facilita nessas horas. Esse vínculo permite que pais e educadores troquem informações, contribuindo com o desenvolvimento do estudante.

 

Além disso, no aprendizado de idiomas existe ainda a questão do platô de aprendizagem, muito comum nos níveis intermediários, quando o estudante deixa de perceber a evolução na língua. Esse momento pode ser especialmente desafiador, uma vez que é comum os jovens se desmotivarem e terem vontade de deixar os estudos de lado.

 

Desenvolvimento de potenciais 

 

Por outro lado, essa mesma proximidade também permite que os pais e familiares entendam quais os aspectos de mais facilidade da criança ou do jovem. Além de ser uma forma de incentivar a continuação do aprendizado, trata-se de uma maneira de demonstrar interesse na vida e nas conquistas do filho. 

 

Aqui podemos até mesmo ir além das questões relacionadas à aprendizagem de uma língua ou qualquer outra disciplina. Parabenizar, elogiar e exaltar os bons resultados de crianças e jovens é fundamental para o desenvolvimento da autoestima e da autoconfiança na vida adulta. 

 

Motivação do aprendizado

 

É difícil motivar alguém se não conhecemos essa pessoa pelo menos um pouco. Afinal, como saber o que comunica com seus desejos mais profundos? Nesse sentido, a parceria entre familiares e educadores pode novamente ser evidenciada. 

 

Vamos imaginar uma situação em que o estudante demonstra desinteresse. Será que ele está tendo dificuldades, encontra-se no platô ou será que ele apenas não teve uma boa noite de sono e está cansado?

 

Quando tanto os pais como a escola conhecem as principais dificuldades e as maiores facilidades da criança na aprendizagem da língua inglesa, fica mais fácil desenhar estratégias de forma a manter a motivação e superar os desafios.

 


Incentivo a partir do exemplo

 

Outro papel que pode ser desempenhado por familiares na aprendizagem da língua inglesa é dar o exemplo. Pais e responsáveis podem se comprometer a aprender ou desenvolver seus conhecimentos no idioma juntamente do filho. 

 

Esse exemplo fica ainda mais palpável caso o responsável já seja fluente em inglês. É possível explicar a importância da língua no mercado de trabalho e trazer a própria experiência para corroborar isso.

 

Estímulo à socialização

 

Além de contínuo, o aprendizado de uma língua deve ser contextualizado. É preciso ter conhecimento sobre expressões típicas do idioma e colocações que fazem sentido à cultura anglófona, por exemplo. Dessa forma, o aprendizado do inglês é muito mais rico quando realizado em conjunto com outras pessoas. 

 

No caso em que pais e responsáveis se propõem a aprender junto, ou mesmo já dominam a língua, é possível criar atividades em casa de forma a incentivar isso. Nos casos em que não há essa possibilidade, ou que o estudante é muito tímido, o papel dos familiares deve justamente ser o de incentivar a socialização

 

É interessante pontuar a importância de dominar uma língua em todas as habilidades (inclusive a fala) e mostrar que a aprendizagem pode ser ainda mais desenvolvida quando compartilhada com outras pessoas.

 

Manutenção da rotina de estudos

 

Fazer o dever de casa e rever o conteúdo trabalhado em sala de aula no dia são tarefas básicas, mas que muitas vezes dependem de supervisão. Assim, pais e responsáveis devem ajudar as crianças a criar e manter uma rotina de estudos — e o quanto antes, melhor.

 

Para isso, é fundamental ter um local adequado, bem iluminado e livre de grandes distrações. É preciso criar regras e horários e cumpri-los à risca, ao mesmo tempo em que é importante estimular o senso de responsabilidade do jovem ou da criança e permitir que ele faça algumas coisas por conta própria. 

 

Incentivo ao aprendizado lúdico

 

Uma das vantagens da aprendizagem da língua inglesa com relação a outras disciplinas é o fato de que ela pode ser aperfeiçoada em momentos de lazer. Isso acontece, muitas vezes, sem nem nos darmos conta, por meio do consumo de filmes, músicas, jogos e podcasts. 

 

O entretenimento norte-americano (ou anglófono, de forma geral) tem grande penetração entre jovens e adultos não só no Brasil, mas no mundo todo. Nesse sentido, cabe aos pais e responsáveis incentivar que seus filhos tirem o melhor proveito possível disso. 

 

Aprender de forma lúdica é quando a aprendizagem vem de forma semelhante a uma brincadeira, sem muitos esforços envolvidos. Porém, é importante que os familiares mostrem aos jovens que eles também estão adquirindo conhecimento nesse momento de diversão, justamente para incentivá-los a seguir nesse caminho. 

 

Um ambiente familiar bem estruturado, pautado no respeito e no diálogo, faz toda a diferença no ensino-aprendizagem das mais diferentes disciplinas. Explicar as vantagens de dominar uma segunda língua, saber incentivar sem cobrar exageradamente e dar o exemplo, são práticas que contribuem para uma melhor assimilação e ainda desenvolvem a autoconfiança dos jovens — o que pode ser praticado desde cedo. 

 

A aprendizagem da língua inglesa não é algo que acontece do dia para a noite. É preciso investir tempo, trabalhar diferentes habilidades (fala, escrita, audição etc.) e saber contextualizar o idioma. Dessa forma, só mesmo o trabalho conjunto entre escola, família e aluno pode trazer os melhores resultados.

 

Leia mais
– Quais as vantagens do aplicativo de comunicação para escolas de idiomas?
– Tarefas escolares: como potencializar o aprendizado do aluno com materiais multimídia

 

Gostou de saber mais sobre as possibilidades de parceria entre familiares e escola na aprendizagem da língua inglesa? Então, entre em contato com a gente agora mesmo e conheça mais sobre nossos serviços.

 

Infográfico - Escolas de idiomas

 

 

AUTOR:

Teddy Bear

Escola especializada no ensino de inglês para crianças e adolescentes com unidades em Florianópolis, Blumenau e São Paulo.