fbpx Skip to content
Brinquedos educativos

COMPARTILHE

13 de setembro - 2019

Brinquedos educativos e como eles contribuem para o desenvolvimento na infância

Tempo estimado de leitura: 3 minutos (432 palavras, 2535 caracteres)

A infância é um período crucial para o desenvolvimento de um indivíduo. As vivências e experiências que acontecem nesse momento são a base para o crescimento físico, cognitivo, emocional, moral, psíquico e social. São muitos os desafios atuais relacionados ao desenvolvimento infantil. Inclusive foi realizado um estudo sobre o aumento assustador das taxas de distúrbios e transtornos mentais em crianças, que constatou que a maior parte das causas estão nas mãos dos pais. 

 

Diante de um cenário como esse, a escola acaba sofrendo duas vezes – com o comportamento e a performance de seus alunos e com a pressão dos pais – que estão cada dia transferindo mais a responsabilidade da educação dos filhos para a instituição de ensino. Portanto, o esforço conjunto entre pais e escola é a receita ideal para que uma criança tenha seu potencial máximo desenvolvido e consiga, assim, os melhores resultados, tanto na escola quanto na vida.

 


Brinquedos educativos

 

Um fator favorável ao desenvolvimento das crianças é o fato de hoje existir uma gama de brinquedos educativos que cumprem bem o propósito de desenvolver diversas habilidades de forma divertida, fazendo com que os pequenos aprendam brincando.

 

Como brinquedos são coisas que as crianças têm um contato frequente, esse aprendizado que pode ser obtido com eles é reforçado continuamente. Experiências repetidas fortalecem as conexões sinápticas do cérebro. Na primeira infância, esse estímulo é mais eficaz do que em qualquer outro período da vida, pois a formação de neurônios e sinapses é mais rápida, o que permite que as crianças aprendam com mais velocidade do que os adultos. 

 

Introduzir esses brinquedos educativos em sala de aula e também em casa é uma forma de pais e professores ajudarem os pequenos a desenvolver suas potencialidades. Os educadores podem, inclusive, orientar os pais sobre quais tipos de brinquedos são mais interessantes para trabalhar determinada habilidade. Unir esforços, assim, acaba tendo um resultado muito superior na evolução da criança do que atribuir a responsabilidade a um lado ou a outro.

 

Leia mais
– Movimento maker: saiba como essa tendência favorece o aprendizado dos seus alunos
– O aluno como protagonista: como aplicar esse conceito

 

Você já usou brinquedos educativos em sala de aula? Como foi a sua experiência? Conte para a gente!

 

Wonakids

AUTOR:

Priscilla Silva

Mãe, formada em Administração de Empresas e fundadora da Wonakids.