fbpx Skip to content
Novo Ensino Médio

COMPARTILHE

13 de julho - 2021

Novo Ensino Médio: entenda o que muda com a reforma

Tempo estimado de leitura: 7 minutos (1288 palavras, 7422 caracteres)

Você deve saber que o ensino médio no Brasil, ao longo dos anos, tem apresentado índices de desenvolvimento abaixo da média de aprendizagem de países desenvolvidos, conforme o Ideb, não é? Além disso, pesquisas já constataram que a evasão escolar cresce vertiginosamente no ensino médio. Tudo isso escancarou a necessidade de uma revisão, o que se concretizou em 2017, com a Lei Nº 13.415. A adaptação ao novo ensino médio é gradual. As escolas ainda estão dentro do prazo para adequação, porém, o relógio está correndo. Entenda no artigo de hoje todas as mudanças que são necessárias!

 

O que mudará com o Novo Ensino Médio?

 

Prepare-se, pois o Novo Ensino Médio traz grandes mudanças. Entre elas está um considerável aumento da carga horária; integração de disciplinas; inclusão de itinerários formativos visando projetos de vida e carreira; flexibilidade; e muito mais! Veja:

 

Carga horária

 

A carga horária do ensino médio, antes da aprovação da lei, era de 800 horas anuais, ou seja, 2.400 horas totais. Agora, as instituições de ensino têm até 2022 para aumentar essa carga horária para 1 mil horas anuais, ou seja, 3 mil horas totais.

 

Achou muito? O aumento não para por aí. De maneira gradual, todas as escolas de ensino médio passarão para o período integral, ampliando a carga horária anual para 1.400 horas, o que equivale a sete horas/aula diárias. No total, o ensino médio terá 4.200 horas. A meta do Plano Nacional de Educação (PNE) é que 50% das escolas e 25% das matrículas da educação básica sejam em período integral até 2024.

 

BNCC / Itinerários Formativos

 

Você viu que o tempo de aula vai aumentar bastante, né? Uma parte dele será destinada a conteúdos da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e outra a itinerários formativos escolhidos pelos alunos, de acordo com áreas de interesse e projetos de vida e carreira deles.

 

A carga horária total do ensino médio destinada a conteúdos da BNCC não poderá ultrapassar 1.800 horas, enquanto que os itinerários formativos deverão ter, no mínimo, 1.200 horas. Veja um exemplo de como isso pode ser distribuído ao longo dos anos no Novo Ensino Médio:

 

  • 1º ANO

 

800h BNCC + 200h itinerário formativo

 

  • 2º ANO

 

600h BNCC + 400 itinerário formativo

 

  • 3º ANO

 

400h BNCC + 600h itinerário formativo

 

Conteúdos

 

No Novo Ensino Médio, Matemática e Português continuarão como disciplinas obrigatórias. As outras, no entanto, serão agrupadas em quatro áreas do conhecimento, como já ocorre no ENEM:

 

  • Linguagens e suas Tecnologias

 

  • Artes
  • Educação Física
  • Inglês
  • Português

 

  • Matemática e suas Tecnologias

 

  • Matemática

 

  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias

 

  • Biologia
  • Física
  • Química

 

  • Ciências Humanas e Sociais Aplicadas

 

  • História
  • Geografia
  • Sociologia
  • Filosofia

 

O inglês, no novo ensino médio, passa a ser língua estrangeira obrigatória. Outros idiomas, porém, poderão ser ensinados de forma optativa. Além disso, o direito à língua materna fica preservado no caso de povos indígenas.

 

Quanto à parte de itinerários formativos, que são a jornada que cada aluno escolherá para si, há cinco caminhos a seguir. Quatro deles são as áreas de conhecimento que já vimos – a diferença é que o estudante escolherá uma delas para se aprofundar – e a quinta é a formação técnica e profissional.

 

O aluno que preferir a quinta opção poderá escolher um curso técnico ou de formação inicial continuada para fazer junto com o ensino médio. A ideia é que esse estudante saia do novo ensino médio não apenas preparado para prestar o vestibular, como também com uma profissão que ele poderá usar desde já no mercado de trabalho.

 

Módulos

 

Outra mudança no Novo Ensino Médio é a possibilidade de organização por módulos e de adoção de um sistema de créditos com terminalidade específica, como já ocorre nas universidades. Com isso, o aluno que atingir o total de créditos necessários estará formado no ensino médio, o que não precisa, necessariamente, acontecer em três anos. Algumas disciplinas também poderão ser continuadas e aproveitadas no ensino superior.

 

Professores

 

Até aqui você já percebeu que as mudanças são muitas, não é? E se prepare que tem mais! Profissionais com “notório saber”, mas sem licenciatura, poderão dar aulas no ensino médio, o que até então não era permitido.

 

A notícia, é claro, gerou muita polêmica, mas o MEC esclareceu: esses profissionais só poderão dar aulas para o itinerário de formação técnica e profissional, e em áreas afins às profissões deles. Assim, um engenheiro, por exemplo, poderá dar aulas no curso de edificações. 

 

Documentos para a orientação sobre a implementação do Novo Ensino Médio

 

Talvez você esteja pensando: “nossa, quantas mudanças, minha escola ainda nem começou a se adaptar, preciso de mais orientação”. Existem alguns documentos oficiais publicados que podem te ajudar a ter um direcionamento melhor. São eles:

 

 

 

 

 

Dê uma boa estudada! Além disso, a tecnologia também pode ser de grande valia, sabia? Vá até o próximo tópico e veja do que eu estou falando.

 

Como a ClipEscola pode ajudar

 

Você notou que os desafios são grandes, certo? Entre eles, o maior certamente é o aumento da carga horária das aulas. Uma parte desse tempo será destinada a itinerários formativos, ou seja, os alunos de uma turma se dividirão em cinco áreas diferentes, e assistirão aulas em cinco salas diferentes. Multiplique isso pelo número de turmas que a sua escola tem. Percebeu que serão necessárias muito mais salas de aula, não é?

 

Nem todas as escolas têm estrutura física para isso, certo? É justamente nesse ponto que conseguimos te ajudar. A ClipEscola desenvolve a Plataforma de Transformação Digital M3I, que tem entre suas funcionalidades um completo Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). Sabe o que isso significa? Salas de aula extras, porém não físicas, e sim virtuais!

 

Nosso AVA está equipado com tudo o que a sua instituição necessita para realizar os itinerários formativos. Ele permite a realização de aulas com transmissão ao vivo, envio de materiais aos alunos de forma categorizada por disciplina, recebimento de trabalhos com acompanhamento do prazo de entrega, aplicação de provas e muito mais! Confirma mais informações por aqui.

 

Leia mais
–  BNCC: entenda o que muda para sua escola
– Tudo o que você precisa saber sobre a 5ª competência da BNCC

 

E aí, o que achou das mudanças do Novo Ensino Médio? Muita coisa para absorver, né? Para tudo o que você precisar nessa implementação no tocante à tecnologia, conte com a gente!

 

CTA - Infográfico - Sala de Aula Virtual ClipEscola

AUTOR:

Graziela Balardim

A autora é Jornalista, pós-graduada em Produção Multimídia e atua na ClipEscola como Conteudista de Marketing Digital.