fbpx Skip to content
Saída escolar escalonada

COMPARTILHE

05 de março - 2021

Como viabilizar a saída escolar escalonada e atender aos protocolos de volta às aulas

Tempo estimado de leitura: 6 minutos (1162 palavras, 6428 caracteres)

As escolas estão começando a reabrir em diversos estados do país. O retorno à estrutura física em meio a uma pandemia ainda não vencida, entretanto, exige cautela extrema. Afinal, nenhuma instituição quer reabrir as portas para, em seguida, ter de fechá-las novamente, não é mesmo? Pensando nisso, o Ministério da Educação (MEC) lançou este guia, e suas recomendações são seguidas pelos protocolos oficiais de volta às aulas dos estados. Um dos pontos previstos e que talvez as escolas sintam mais dificuldade em implementar é a saída escolar escalonada.

 

O guia é claro quanto à necessidade de “planejar e comunicar a organização de horários intercalados para a entrada, saída, […] de modo a evitar aglomerações”. Colocar essa exigência em prática, porém, pode não ser tão fácil quando estamos falando de escolas com maior volume de alunos. Então, como fazer uma saída escolar escalonada realmente efetiva para os estudantes?

 

Ninguém espera que a sua escola faça isso sem ajuda. Felizmente, a tecnologia é capaz de dar o suporte de que a sua instituição necessita para colocar em prática estratégias eficientes, capazes de atender a essas exigências. Quer saber mais sobre esse assunto? Então me acompanhe na leitura!

 

Os três pilares da eficiência na saída escolar escalonada

 

Imagino que a sua escola queira organizar as coisas de forma não apenas a atender às exigências, mas também a obter uma eficiência máxima, estou certa? Afinal, cumprindo as exigências ou não, se a instituição não conseguir evitar um surto de contágio dentro de sua estrutura, vai ter que fechar as portas de qualquer forma, confere? 

 

Pois bem, vamos partir do princípio então de que a mínima coisa que tiver a chance de dar errado, vai dar errado. É a tal “Lei de Murphy”, que você certamente já ouviu falar. Portanto, vamos tapar todas as brechas e não deixar escapar nada, combinado?

 

Tendo isso em mente, criamos três pilares para uma saída escolar escalonada. É claro que as questões máscara, álcool em gel e distanciamento social estão implícitas em todas elas, mas nunca é demais relembrar. Agora, vamos às estratégias:

 

1. Horários de saída intercalados

 

O primeiro ponto da estratégia é definir horários intercalados para os pais buscarem os filhos na escola, criando um cronograma por séries e turmas. É claro que se a escola for grande, com muitos alunos, isso é pouco para evitar aglomerações, visto que não dá para definir uma escala infinita de horários. Porém, melhor algumas turmas sendo liberadas ao mesmo tempo do que a escola inteira, certo?

 

Outro ponto de vulnerabilidade dessa estratégia é que não há como controlar que todos os pais sigam o cronograma à risca. Vai acontecer de alguns ignorarem o que foi definido e irem buscar os filhos no horário normal. No entanto, se ao menos uma parte dos responsáveis cumprir com o cronograma de escalas, já estamos em vantagem, não é mesmo?

 

Como você pode ver, essa estratégia sozinha não basta  para criar uma saída escolar escalonada de maneira eficiente, mas aliada às próximas da lista, ela até que dá uma boa ajuda. Então, vamos pecar pelo excesso, combinado?

 


2. Tecnologia para monitorar aproximação dos pais

 

Agora vamos ao ponto alto das nossas estratégias para evitar aglomerações e estruturar uma saída escolar escalonada com a máxima eficiência. Estou falando de tecnologia, é claro! Além de as turmas e séries terem escalas para sair, por que não liberar cada aluno somente no momento exato em que o pai dele estiver chegando no colégio?

 

WoWwWw… agora eu sei que o seu olho brilhou! Dá mesmo para fazer isso, sabia? É na verdade bem simples até. Aqui na ClipEscola nós temos um recurso chamado Estou Chegando. Ele fica sincronizado com o GPS do celular dos pais, informando para a escola a quantos quilômetros eles estão do local. Para tornar tudo mais visual, à medida que os responsáveis vão se aproximando, suas imagens mudam de cor, facilitando o controle da escola. Tudo pode ser acompanhado por um monitor, então é só liberar o aluno no momento exato em que ele deve se dirigir ao portão de saída.

 

Você percebeu que assim, até alunos de uma mesma turma conseguem sair em horários diferentes? Incrível né? O estudante não precisa se levantar da carteira um minuto antes do necessário! Aí quando ele chegar no portão, não precisará ficar esperando, pois o pai já estará lá para buscá-lo. Alto nível de segurança!

 

3. Pais fora da escola

 

Chegamos ao terceiro pilar. Para que tudo dê certo, é importante que os pais também não fiquem entrando e saindo da escola. Deve haver uma proibição nesse sentido. Afinal, quanto menos gente dentro da estrutura, menos chances de aglomeração. E como o aluno já vai ser liberado bem na hora em que o pai estiver chegando, não há nem motivo para o responsável entrar. Então, dentro da escola, somente alunos e colaboradores, certo?

 

Mas e como fica a questão da entrada?

 

Imagino que você esteja pensando: “Tá, já entendi que é possível fazer uma saída escolar escalonada bem eficiente, mas o tal guia do MEC não falava também da questão da entrada?”. É, você tem razão!

 

A entrada escolar é uma questão um pouco diferente, pois de uma forma geral, os estudantes não chegam na escola exatamente ao mesmo tempo. Há aqueles que chegam bem antes, os que chegam em cima da hora e até os que chegam atrasados. O ideal é que a escola aumente essa diferença criando horários escalonados para as séries.

 

Isso pode até ser casado com o horário escalonado de saída que comentamos no primeiro tópico. As séries escaladas para chegar antes saem antes, as que chegam mais tarde saem mais tarde, tudo de forma proporcional. É a maneira mais viável de evitar aglomerações na hora da entrada. Então, fica a dica!

 

Leia mais
– Como a ClipEscola pode ajudar a evitar o contágio do Coronavírus nas escolas
– Como a ClipEscola pode ajudar a sua instituição na volta às aulas

 

Agora você já sabe como estruturar uma saída escolar escalonada e cumprir com as exigências dos protocolos oficiais. Conte com a gente para dar todo o suporte tecnológico de que você necessita!

 

CTA - Estou Chegando

AUTOR:

Graziela Balardim

A autora é Jornalista, pós-graduada em Produção Multimídia e atua na ClipEscola como Conteudista de Marketing Digital.