facebook Atendimento por email Agende uma visita Ligue Agora Atendimento online Atendimento Online 2 Whatsapp whatsapp 2 corretor

Sem a participação dos pais, não há equipe educacional completa

17 de junho de 2016 | 1 comentário | Categoria(s): Relacionamento Pais / Escola

Tempo estimado de leitura: 4 minutos (753 palavras, 4196 caracteres)

Nenhuma profissão permite uma atuação realmente independente, na qual todos os fracassos e sucessos podem ser atribuídos a um único indivíduo. Mesmo o profissional liberal mais autônomo depende da compreensão de seus clientes, do comprometimento dos fornecedores, da eficiência no transporte, etc. Essa é uma verdade ainda mais inquestionável em termos de educação, por isso cada melhoria pretendida para uma instituição de ensino precisa despertar o interesse e o engajamento dos pais.

 

A maioria das crianças brasileiras passa até cinco horas por dia na escola, mas algumas modalidades de ensino integral chegam à carga de nove horas diárias. Em qualquer caso é muito tempo acumulado ao longo dos anos, para uma família não saber como anda o desenvolvimento de suas crianças.

 

E para os pequenos, é difícil entender que essa separação é necessária. É importante que as crianças não criem uma  imagem de que a escola é a vilã que as impede de ficar com os pais. Afinal, a primeira impressão é a que fica, e muitas vezes ela exerce influência sobre nós até subconscientemente, quando já não pensamos conscientemente nisso.

 

Não há uma fórmula ideal para resolver o problema: enquanto uns acreditam que a presença física ao lado dos filhos é indispensável, para os profissionais da “jornada dupla” o encontro apenas ao final do dia pode ser a única opção. A boa notícia é que nos dias de hoje a presença não precisa ser física para ser sentida. Da mesma forma que artistas, celebridades e até youtubers exercem influência sobre os públicos das mais diversas faixas etárias, educadores e pais podem lançar mão das mesmas ferramentas. E o melhor: conhecendo seu “público-alvo” individualmente e intimamente.

 


Se o abraço longo e apertado na hora da despedida não pôde acontecer por conta do trânsito na entrada da escola, um vídeo com palavras de encorajamento não substitui, mas ajuda e muito. Os adesivos com carinhas felizes podem ser substituídos ou complementados por fotos atuais de rostos verdadeiros e familiares, os quais possuem uma variedade muito maior de expressões e nuances. É quase como se cada pai, mãe e responsável pudesse se tornar o meme mais direcionado do mundo.

 

Como o pedagogo Paulo Fochi expressou em entrevista à Revista Educação, não é o tempo que a criança passa na escola que determina a qualidade da educação, mas sim a organização da instituição em conjunto com o envolvimento dos pais. Se for para a criança ficar em casa, que seja para receber atenção, e se for para ir para a escola, que seja para encontrar um espaço de bem-estar e acolhimento.

 

Vale também destacar que quando falamos sobre a importância da participação da família na vida escolar, não estamos nos referindo a nenhuma determinação biológica, de gênero ou de papéis preestabelecidos. O que a criança precisa é do amor que nutre e ele pode vir de pais, avós, tios, irmãos, padrastos, padrinhos e quem mais tiver assumido a boa formação desse ser em desenvolvimento como meta.

 

Tem mais de um adulto dividindo os cuidados da criança? Tanto melhor! Com essa visão, de que toda contribuição é válida, o aplicativo ClipEscola permite um número ilimitado de responsáveis por aluno, desde que assim identificados pela escola, claro. Se é o vovô quem busca na saída, mas é a mamãe quem se dá melhor com tecnologia, não tem problema, ambos terão acesso às funcionalidades que mais fazem diferença nas rotinas delas.

 

A tecnologia permite que mesmo quem tem muito pouco tempo para dispor possa participar, nem que seja olhando as tarefas de casa do estudante entre uma planilha e outra do trabalho. Esses pequenos atos, ainda que no momento não invoquem nenhuma grandiosidade, acabam provendo a nutrição que a semente precisa para germinar.

 

Leia mais
– 6 tipos de enquetes para fazer com os pais dos alunos
– Case: Escola Afonso Pena atinge 100% de adesão a app de ensino

 

A equipe educacional da sua escola pode contar com a participação dos pais dos alunos? Comente aqui!

 

CE_CTA_eBook_apresentacao

 


1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Cristiana Penteado Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Cristiana Penteado
Visitante

Acho importante para nós país, estarmos presente no dia a dia de nossos filhos e acompanha los nesta nova era digital. E quanto mais ferramentas pudermos contar, melhor. Acredito que ficará cada vez mais fácil, nesta nossa vida corrida. Obrigada Clip escola, em nos auxiliar nesta tarefa.
Cristiana Penteado.