Skip to content
Avaliações online

COMPARTILHE

28 de abril - 2020

Avaliações online: como criá-las e seguir com as rotinas durante o período de isolamento social

Tempo estimado de leitura: 8 minutos (1649 palavras, 9494 caracteres)

Nos últimos tempos, as escolas tiveram que se reinventar. A sala de aula passou a caber na tela de um computador e as rotinas de alunos, pais, professores, coordenadores e de toda a equipe escolar precisaram ser adaptadas para o meio digital. Como o cenário acabou se tornando mais prolongado do que se imaginava, um instrumento de ensino começou a fazer falta: as provas. Elas fazem parte das rotinas das escolas, e são necessárias para que o aprendizado possa seguir o mais próximo possível da normalidade. E como tudo hoje está no meio virtual, o caminho natural que se apresenta para isso é o das avaliações online.

 

Essa ideia parece estranha para você? É porque realmente é algo muito novo para escolas de ensino regular. Muitas coisas novas só se tornam uma rotina quando surge a necessidade. E é exatamente o que está acontecendo agora, não é? Vamos ver então como trabalhar com isso da melhor forma possível!

 

Me acompanhe pelos tópicos abaixo!

 

O que são avaliações online?

 

Avaliações online são testes de conhecimento semelhantes aos que são aplicados presencialmente em sala de aula, com a diferença de que ocorrem no meio virtual. Os alunos os acessam pela internet e respondem aos questionamentos. Então, as respostas são enviadas para o professor para correção. Caso sejam perguntas para respostas fechadas, é possível até aplicar correção automática, facilitando o trabalho do educador.

 

Além das provas em si, os professores também conseguem realizar outros formatos de avaliações online, como redações, trabalhos, etc. Todas essas formas de avaliar são estruturadas dentro de uma tecnologia que ofereça tais possibilidades. 

 

Como criar avaliações online?

 

Ansioso para botar a mão na massa? Então agora vamos falar do “como”! 

 

Tecnologia para estruturação das avaliações online

 

O primeiro passo que a escola precisa dar para começar a aplicar as avaliações online é encontrar a solução que permita a criação delas. E como se trata de algo importante, que está ligado diretamente à média escolar do estudante, é recomendável que você avalie alguns critérios nessa escolha:

 

  • Segurança

 

Priorize tecnologias próprias para a realidade escolar, pois recursos mais genéricos podem não trazer o mesmo nível de segurança que soluções mais específicas trazem. É fundamental, por exemplo, que um aluno não consiga realizar a prova no lugar do outro, colocando o nome do outro na avaliação que ele fez. Em recursos genéricos, essa brecha é muito grande.

 

Além disso, é importante que o recurso misture as perguntas da prova, para dificultar a cola. Assim, se os estudantes enviarem respostas um para o outro pelo celular, do tipo: 1 – letra A, 2 – letra C, etc., a cola não irá funcionar.

 

  • Flexibilidade de construção

 

Outro ponto a ser observado são as possibilidades que a ferramenta utilizada para a construção das avaliações online traz. Se o recurso só permitir perguntas de múltipla escolha, por exemplo, a avaliação acabará sendo bem limitada, não é mesmo? O ideal é que a ferramenta possibilite: 

 

  • Perguntas de múltipla escolha; 
  • Perguntas de escolha única;
  • Perguntas abertas de texto longo (que podem ser usadas até para redações);
  • Perguntas abertas de texto curto (uma ou duas palavras);
  • Inserção de imagens; etc.

 


  • Facilidade ao professor

 

Uma facilidade que as avaliações online podem ter e que as físicas não têm é a correção automática. Em provas de papel, o professor tem que corrigir uma por uma das questões de cada teste de cada aluno. Isso toma um bom tempo dele. Se são muitos alunos, esse tempo é ainda maior. 

 

Se as avaliações são feitas em um meio digital, é possível que ao menos as questões fechadas tenham correção automática. Assim, o professor só precisará corrigir manualmente as que forem abertas, economizando tempo. Então, esse é mais um ponto a verificar no recurso que a sua escola irá escolher.

 

Elaboração de regras

 

Avaliações online devem ser levadas a sério! Então, não esqueça de elaborar as regras de funcionamento. Veja algumas sugestões:

 

  • Estipule horários

 

Em épocas normais, o tempo que o aluno tem para concluir a prova é predeterminado, não é? Geralmente, é o período de duração de uma aula. Nas avaliações online também pode ser assim. A sua escola pode colocar como regra que o aluno só tem determinado tempo para concluir a avaliação e enviar. O que você acha da ideia?

 

É possível até programar o envio das avaliações online para o horário da aula virtual. Se a aula for realizada com transmissão ao vivo, os professores conseguem observar os estudantes realizando a prova da tela do computador. Assim, a experiência fica mais próxima da aplicação de uma avaliação presencial.

 

  • Determine se a consulta é permitida ou não

 

Você deve saber que na execução de avaliações online, é muito maior a chance de o aluno realizar uma pesquisa na internet enquanto está fazendo a prova, certo? Então, você pode incorporar isso ao teste ou encontrar formas de contornar a questão. 

 

O primeiro ponto é deixar bem claro para o aluno se a pesquisa é ou não permitida. Depois, algumas sugestões são:

 

  • Para provas com consulta

 

Elabore questões abertas, e com respostas que não sejam óbvias. Peça, por exemplo, explicações que precisem ser construídas,  e não respostas que possam ser encontradas de forma pronta.

 

  • Prova sem consulta

 

Para avaliações online sem consulta, o professor terá que tomar cuidados adicionais. Ter um tempo predeterminado ajuda nessa questão, pois o aluno, caso decida pesquisar mesmo assim, correrá o risco de ultrapassar o tempo de execução da avaliação. 

 

Ajuda muito também se a prova for executada durante o tempo de uma aula ao vivo. Dessa maneira, o professor consegue observar os aluno do outro lado da tela, e o estudante sabe que está sendo vigiado.

 

Quando posso começar a aplicar avaliações online?

 

Como o isolamento social já está acontecendo há um tempo considerável, e as aulas presenciais ainda devem demorar alguns meses para voltar, o ideal é que a sua escola comece a aplicar avaliações online o quanto antes. Assim, poderá seguir não só com as aulas, mas também com as provas do ano letivo.

 

Se quiser a nossa ajuda, nós aqui da ClipEscola desenvolvemos a Plataforma de Transformação Digital M3I. Ela contém um Ambiente Virtual de Aprendizagem bem completo, com salas de aula virtuais, espaço para envio de materiais, agenda digital para a comunicação com os alunos e com os pais, e provas online.

 

As avaliações online da nossa plataforma possuem todos os quesitos que você leu neste post. Elas funcionam por meio da integração nativa que temos com o Google Forms. Assim, tudo é feito dentro da plataforma de forma segura, mas com todas as possibilidades que os formulários do Google oferecem.

 

Como funciona?

 

Vou te explicar melhor como é na prática tá? É assim: temos na nossa plataforma a opção de o professor construir a prova totalmente do zero ou então usar um template de prova que já temos pronto e com todas as configurações necessárias. O professor então coloca o título, a descrição do teste, o enunciado das questões, estipula o tempo que o aluno tem para realizar a avaliação online e envia.

 

Lembra daquela questão de segurança que comentei lá em cima, de que é importante assegurar que um aluno não realize a prova pelo outro? Pela ClipEscola essa segurança é garantida, pois o estudante não precisa nem mesmo colocar o nome no teste. Como todos os alunos estão cadastrados na plataforma, as avaliações online chegam individualmente a cada um, e quando o estudante conclui a prova, a identificação dele já fica registrada automaticamente.

 

A questão de misturar as perguntas do teste, que também já citamos, está contemplada na solução. Isso é realizado pelo recurso de randomização, que faz essa mistura automaticamente, dificultando que haja “cola online” entre os estudantes.

 

Além de tudo, a ferramenta também poupa bastante tempo do professor na correção dos testes. O educador consegue atribuir pesos a cada questão, e quando os alunos concluem as avaliações online, as perguntas de múltipla escolha e escolha única são corrigidas automaticamente. O professor então só precisa fazer a correção das respostas abertas e depois enviar o resultado final ao estudante. Bem prático né?

 

Sabe do que mais? É possível adicionar feedbacks para cada questão, que são visualizados pelo aluno quando ele conclui a prova. O professor consegue colocar um tipo de feedback se a resposta estiver certa e outro tipo se ela estiver errada. É algo bem personalizado!

 

Quer saber mais? Solicite informações por aqui.

 

Leia mais
– AVA: como criá-lo e dar continuidade às rotinas escolares por EaD
– Checklist para um bom desempenho do estudante nas aulas a distância

 

Agora que você já sabe tudo o que precisa para começar a aplicar as avaliações online, a bola está com você. Conte com a gente para tudo o que precisar!

 

CTA_Webinar_Saúde-Emocional

AUTOR:

Graziela Balardim

A autora é Jornalista, pós-graduada em Produção Multimídia e atua na ClipEscola como Conteudista de Marketing Digital.