fbpx Skip to content
Conselho de Classe

COMPARTILHE

29 de abril - 2022

Conselho de classe: o que é, qual é sua função e como organizá-lo

Tempo estimado de leitura: 9 minutos (1704 palavras, 10217 caracteres)

O conselho de classe é figurinha carimbada entre as rotinas escolares. Ele tem um papel importante na aprendizagem, e pode ajudar a melhorar processos de ensino, identificar dificuldades e corrigir rotas. Para que desempenhe seu papel com eficácia, o conselho precisa ter uma organização prévia, uma execução bem focada e um acompanhamento posterior. É sobre isso que falaremos hoje! Vamos lá?

 

O que é o conselho de classe?

 

O conselho de classe é uma reunião na qual participam os professores, o orientador educacional, o coordenador pedagógico e o diretor. Algumas escolas incluem também um representante dos pais e um dos alunos. O conselho ocorre de forma bimestral, trimestral ou semestral – dependendo da instituição – e tem o objetivo de entender e melhorar o aproveitamento dos estudantes.

 

A reunião tem como base o Projeto Político-Pedagógico (PPP), e analisa dados gerais das turmas e individuais dos alunos para identificar o que está funcionando, se há problemas em determinadas turmas, dificuldades específicas em alguns estudantes e que estratégias podem ser traçadas para solucionar as questões identificadas.

 

Qual é a função do conselho de classe?

 

As principais funções que podemos atribuir ao conselho de classe são:

 

  • Avaliar o desempenho do aluno – Ele tem dificuldade em alguma matéria? Tem em várias? O que pode estar impactando nesse desempenho (conversas, faltas, problemas familiares, dificuldade com a metodologia utilizada, falta de um bom plano de estudos em casa etc.)?

 

  • Identificar possíveis transtornos de aprendizagem – 15% da população tem algum tipo de transtorno de aprendizagem, como dislexia, TDAH, discalculia, entre outros. Nem todos os alunos já chegam na escola com o diagnóstico. Muitas vezes, o professor é o primeiro a perceber e a alertar os pais para a procura do diagnóstico. Esse é o momento de buscar essa identificação.

 

  • Verificar possíveis problemas nas interações – O estudante se junta com determinado grupo de colegas para fazer bagunça? Sofre bullying? Se isola? Tem problema com determinado professor?

 

  • Identificar problemas gerais nas turmas – Uma turma inteira não está indo bem enquanto as outras estão? Há turmas inteiras que não vão bem apenas em determinada disciplina? Há muitos problemas comportamentais em uma turma específica?

 

  • Levantar estratégias para solucionar problemas encontrados – É preciso mudar as estratégias de ensino ou de avaliação da escola? Determinado professor precisa rever a didática de sua aula ou conversar com alunos específicos que têm problemas com ele? É preciso chamar os pais de alguns estudantes para uma reunião para conversar sobre comportamento, rotina de estudos, dificuldades ou possíveis transtornos de aprendizagem?

 

  • Decidir se alunos que não passaram na prova final devem reprovar – Em conselhos de final de ano, esse é o momento também de decidir se alunos que não obtiveram as notas necessárias para passar devem ou não reprovar. É uma decisão difícil, e deve ser bem refletida, com base em todo o histórico do aluno. 

 

 

Como organizar o conselho de classe?

 

Tá sentindo a responsa, né? O conselho de classe precisa ser muito bem organizado para dar conta do recado. Afinal, as ações que resultarem dele podem fazer a diferença na vida de muitos estudantes. Então, vamos ver como fazer isso, pensando no antes, no durante e no depois. Bora!

 

Antes

 

O “antes” é o pré-conselho, para que fique bem claro. É o momento de levantar as informações que serão analisadas na reunião. O ideal é que seja disponibilizada aos professores uma planilha online com uma aba para cada turma com campos que todos os educadores possam preencher para cada aluno. 

 

Algumas informações importantes que podem ser solicitadas na planilha são: tarefas de casa (o aluno está entregando ou não), notas, participação nas aulas (muito, pouco ou nenhuma), comportamento (bom comportamento, muita conversa, bagunça, apatia etc.), frequência (percentual). É interessante haver também um campo para que o professor aponte ações que ele fez em determinada turma ou com determinado aluno.

 

Após todos os professores preencherem a planilha, o coordenador pode transformá-la em gráficos para que, no conselho de classe, seja possível realizar análises gerais das turmas e individuais dos alunos.

 

Se a escola for muito grande, o ideal é que seja realizado um conselho de classe para cada série, pois é importante que o desempenho dos estudantes seja analisado individualmente. Uma única reunião para um colégio de 2 mil alunos, por exemplo, pode ficar inviável. Já se a instituição for pequena, isso não será um problema. O coordenador deve verificar previamente essa questão e agendar a(s) reunião(ões).

 

Durante

 

No conselho, é o momento de analisar os dados levantados, tanto dos alunos quanto das turmas. O gráfico ajudará muito nessa questão, pois ele permitirá ver:

 

  • Se determinado aluno está com notas baixas em todas as disciplinas ou só em algumas

 

  • Se ele entrega todas as atividades, se não entrega nenhuma ou se só não entrega as de uma determinada disciplina

 

  • Se ele é participativo, não é ou se só é em determinadas disciplinas

 

 

  • Se o aluno está faltando muito às aulas

 

  • Se uma turma inteira está indo mal enquanto as outras estão indo bem

 

  • Se turmas inteiras estão indo mal só em uma matéria específica

 

Durante a análise dos dados, os professores também podem complementar, falando de ações que foram realizadas com aquele aluno específico ou naquela turma específica, e o que aconteceu.

 

O conselho de classe, tendo todas essas informações em mãos, deverá definir estratégias para solucionar os problemas encontrados, sejam os individuais ou os coletivos. Algumas delas podem ser, por exemplo: 

 

  • Chamar os pais de determinado aluno para uma reunião para conversar sobre o desempenho dele, problemas de comportamento, possíveis transtornos de aprendizagem e faltas. Nelas, é preciso orientar os responsáveis sobre o que eles podem fazer para ajudar a resolver o problema

 

  • Envolver o conselho tutelar, em casos em que a escola identificar essa necessidade

 

  • Elaborar um plano de estudos em casa para determinados alunos

 

  • Verificar formas de ensino inclusivas para determinados estudantes

 

  • Testar uma metodologia diferente ou uma nova forma de avaliar

 

  • Testar novas tecnologias

 

  • Realizar intervenções pedagógicas

 

É importante também estabelecer prazos para a implementação de cada estratégia.

 

Depois

 

Após o conselho de classe, é o momento de arregaçar as mangas e colocar tudo em prática! Marcar reuniões com os pais, realizar intervenções, montar planos de ensino para determinados alunos, começar os testes com novas metodologias e avaliações nas disciplinas em que as coisas não vão bem, realizar a aquisição das tecnologias necessárias etc.

 

O coordenador pedagógico precisa acompanhar tudo de perto, para garantir que todas as estratégias definidas no conselho sejam cumpridas dentro dos prazos estabelecidos. Se a escola for muito grande, ele pode contar com a ajuda dos professores para esse acompanhamento. Assim, cada professor vira padrinho de uma turma, verifica o cumprimento de tudo o que foi definido para ela e repassa ao coordenador.

 

No próximo conselho de classe, se tudo transcorre conforme o planejado, os resultados de aprendizagem já devem estar melhores. Ou seja, vai dar aquele orgulho de olhar para o gráfico e ver como tudo evoluiu!

 

Como a ClipEscola te pode ajudar

 

Há várias questões em que podemos contribuir com o seu conselho de classe, sabia? No “antes”, você vai precisar enviar a planilha para todos os professores e marcar a(s) reunião(ões), né? Então… nossa solução tem módulo de comunicação interna! Com ele, sua escola consegue enviar comunicados e materiais a todos os colaboradores, inclusive um recadinho com o link da planilha.

 

Nós também temos um recurso que permite a criação de múltiplos calendários. É possível usá-lo, por exemplo, para reservar a sala para o conselho, os equipamentos que serão usados e também para enviar o convite para o evento a todos os participantes. Ao dar o aceite, o evento já ficará sincronizado com a agenda do celular deles e enviará notificações para lembrá-los. Que demais, né?

 

Conseguimos te ajudar no “depois” também, na parte das ações. Uma delas será marcar reuniões com os pais de alunos específicos, certo? Isso tudo pode ser feito pela nossa agenda digital! Você se comunica com os pais por lá e depois usa o canal para agendar o compromisso, como fez com os colaboradores. A reunião também ficará sincronizada com a agenda do celular dos pais e enviará lembretes a eles.

 

Ahhh… sabia que a própria reunião pode ser feita de forma online dentro da Plataforma ClipEscola? Muito mais prático para todos, não acha? Nós temos um módulo de salas virtuais, que normalmente é usado para aulas, mas os ambientes podem facilmente virar salas de reuniões também.

 

O melhor é que você faz todas essas coisas pela mesma plataforma: comunicação com os colaboradores, comunicação com os pais, reuniões online e muito mais! Prático, né? Solicite mais informações por aqui.

 

Leia mais
– Módulo de Comunicação Interna ClipEscola: tudo o que você precisa saber!
– Como usar comunicação interna nas escolas para criar fluxos eficientes

 

Agora você já sabe como organizar um conselho de classe de forma bem eficiente, né? Se quiser aquela ajuda, estamos aqui!

 

CTA_Ebook - Cultura Digital: 5ª Competência da BNCC nas Escolas

AUTOR:

Graziela Balardim

A autora é Jornalista, pós-graduada em Produção Multimídia e atua na ClipEscola como Conteudista de Marketing Digital.