fbpx Skip to content
Reunião de pais e mestres

COMPARTILHE

23 de junho - 2022

Reunião de pais e mestres: como realizar encontros relevantes

Tempo estimado de leitura: 10 minutos (2003 palavras, 10961 caracteres)

Reuniões são figurinhas carimbadas nas rotinas escolares. Há várias delas ao longo do ano letivo, e de vários tipos diferentes. Algumas são só com o corpo docente, outras são com cada pai ou responsável e há a conhecida reunião de pais e mestres, que é coletiva, envolvendo todos os pais e professores, como o próprio nome já entrega. Hoje você vai entender mais sobre ela e saber o que é preciso para deixá-la mais relevante.

 

Vamos lá?

 

O que é a reunião de pais e mestres?

 

A reunião de pais e mestres é uma reunião com todos os pais e professores e tem foco em objetivos coletivos, e não em questões individuais de cada aluno. Ela tem propósitos variados, dependendo da época em que ocorre. Em início de ano, por exemplo, é mais focada em apresentar a escola, a metodologia e os colaboradores; em transições de anos, mostra as mudanças que vão ocorrer; há também aquelas focadas em uma temática específica, que podem contar inclusive com a presença de um especialista no assunto.

 

Como deixar a reunião de pais e mestres mais relevante?

 

Agora vamos ao que interessa. Você chegou aqui para descobrir como deixar os encontros da reunião de pais e mestres mais proveitosos, certo? É isso que iremos ver agora! Confira as dicas:

 

Prepare um espaço confortável

 

Para que os responsáveis se sintam bem na reunião de pais e mestres, a primeira coisa a observar é o local em que ela ocorrerá. É importante que eles fiquem bem acomodados, e não espremidinhos em meio a uma sala lotada. Caso a sua instituição não tenha um espaço para acomodar bem os participantes, uma opção é dividir os pais em encontros separados.

 

É legal também disponibilizar aquele café quentinho para espantar o sono, água e bolachinhas. Pequenas coisas assim já ajudam a passar a sensação de aconchego. Se possível, coloque também as cadeiras em forma de círculo, para que os participantes possam se olhar e interagir mais facilmente.

 

Envolva os pais na escolha dos temas

 

Às vezes, a reunião de pais e mestres é focada em um tema específico, como por exemplo: alfabetização, desenvolvimento das crianças, desempenho geral da turma, comportamento, bullying, métodos de avaliação, novas abordagens pedagógicas etc. Que tal a sua escola descobrir sobre qual assunto os pais desejam conversar?

 

É bem mais fácil haver engajamento se a temática for de interesse da maioria, você não acha? Então, antes de planejar as reuniões, uma boa ideia é realizar enquetes com os pais para saber quais são os assuntos que eles gostariam que fossem abordados. Você pode fazer essa enquete pela agenda digital e colocar opções fechadas de respostas, para poder mensurar mais facilmente os resultados. Depois, é só escolher os interesses que mais se repetem e abordá-los!

 

 

Mantenha o foco no objetivo da reunião

 

Para que a reunião de pais e mestres seja produtiva, é importante que ela seja bem conduzida e focada em seu objetivo. É normal, por exemplo, que surja algum assunto fora da pauta, mas ele não deve dominar a reunião, pois do contrário, a sensação geral será de tempo desperdiçado. Afinal, quem compareceu ao encontro o fez com um objetivo, e deve sair de lá com o que foi buscar, certo?

 

Se a reunião for de início de ano, por exemplo, com o objetivo de apresentar a escola aos pais, considere o tempo previsto para a duração do encontro e faça um roteiro. Ele pode conter: um tour com os pais pela escola, mostrando melhorias na estrutura e nas salas de aula; um momento para a apresentação dos professores; um para falar de metodologias, tecnologias e abordagens pedagógicas etc. Preencha bem o tempo com as questões mais relevantes.

 

Em reuniões com temáticas específicas, como por exemplo “como o método X (usado pela escola) trabalha com as fases do desenvolvimento infantil”, o ideal é que haja a presença de uma autoridade no assunto, seja ela alguém da própria escola ou de fora dela. A pessoa, além de dominar o tema, deve ser alguém que tenha facilidade para explicá-lo, que se comunique bem com o público.

 

Foque no interesse coletivo, e não no individual 

 

Não é incomum que algum pai tente direcionar a reunião para determinada situação que aconteceu com o filho dele. Que ele pegue um gancho em algo que é dito e comece querer tirar dúvidas focadas no filho, e não em um âmbito geral. Porém, esse não é o objetivo da reunião de pais e mestres, que deve focar sempre no interesse coletivo, e não no individual.

 

Em casos assim, é importante não deixar o assunto particular se estender. A escola é a responsável pelo controle e a condução da reunião, e não os pais. Então, para que o encontro seja interessante para todos, os responsáveis que querem tratar de questões individuais podem ser orientados a agendar uma reunião individual para conversar sobre o assunto, ou mesmo tirar as dúvidas com o professor pela agenda digital em um momento posterior. 

 

Não aponte dedos ou faça julgamentos

 

Nenhum pai ou responsável quer ir para a reunião de pais e mestres para ser julgado por questões como falta de participação na rotina escolar do filho, notas baixas que o filho tira etc. Essas questões são importantes, mas apontar dedos e fazer julgamentos só deixará os familiares constrangidos perante os outros participantes e os afastará da escola.

 

É possível tratar desses assuntos de uma outra forma, sem que ninguém se sinta exposto e buscando direcionar o tema de maneira positiva em vez de negativa. Dá, por exemplo, para falar que pesquisas mostram que alunos com pais participativos têm melhor desempenho escolar, e falar coisas boas sobre a participação, ao invés de falar sobre coisas ruins da falta de participação. Para qualquer temática, sempre é possível buscar esse caminho.

 

Como aumentar a participação na reunião de pais e mestres?

 

Você já conferiu algumas dicas para deixar a reunião de pais e mestres da sua escola mais relevante, certo? Mas você sabe também como aumentar o engajamento, fazendo com que mais pais compareçam? Temos algumas dicas para você nesse sentido também!

 

Lá vão:

 

Agende o evento por um canal eficiente e com notificações

 

De nada adianta planejar uma reunião de pais e mestres linda e maravilhosa, mas não divulgá-la por um canal de comunicação realmente eficiente, certo? E nem me venha falar de recadinho na agenda de papel, ou de comunicado de papel enviado por meio do aluno. Vou falar o óbvio: a comunicação de papel não funciona mais nos dias de hoje, da mesma forma que a carta e o jornal impresso. O mundo hoje é digital, e não há como lutar com isso.

 

Enfim, você já entendeu que a comunicação só funciona se for digital né? Muito bem. Porém, não basta ser digital para ser eficiente. E-mail, por exemplo, é algo que a pessoa lê no dia em que recebe e depois esquece, ou nem isso. Aplicativos de mensageria genéricos acabam misturando informações da escola com diversas outras, e não permitem agendar notificações periódicas. Então, a chance de esquecimento ainda é grande.

 

Uma boa alternativa é sim usar aplicativo – pois inegavelmente o celular é o canal mais eficiente para contato com os pais – porém, um que seja oficial para as comunicações da escola, e não genérico. É preciso também que ele possibilite o envio de notificações automáticas. Ou seja, estamos falando da agenda digital.

 

Quando a reunião de pais e mestres é marcada pela agenda digital, os pais recebem o convite bem na palma da mão e já podem confirmar a participação na hora. A data então fica sincronizada com a agenda do celular deles e envia lembretes periódicos para que não esqueçam da ocasião. É praticamente impossível esquecer assim, não acha?

 

Considere fazer a reunião de pais e mestres de forma virtual

 

Você fez a divulgação da reunião de pais e mestres bem certinha, pelo canal mais eficiente que tem, e ainda assim o comparecimento está abaixo das expectativas? Talvez então a questão seja o deslocamento.

 

Escolas grandes costumam atender um público de um raio de abrangência maior do que as pequenas. Ou seja, nem todos os alunos são do mesmo bairro ou até da mesma cidade em que está situada a instituição. Para alguns pais, toda a questão logística de deslocamento até a escola em um horário que não está na rotina diária deles pode ser um grande empecilho. 

 

Além dessa questão, há uma outra. Há pais separados que moram longe, em outra cidade, estado ou país. No caso deles, a distância até a escola não é só uma dificuldade, é uma barreira. Mesmo que queiram participar, não conseguem. Então, talvez as reuniões físicas não sejam a melhor alternativa para todos os contextos.

 

Uma possibilidade é a sua escola estudar bem o público que atende, verificar se é mesmo a questão do deslocamento que “está pegando” e testar se uma reunião de pais e mestres virtual teria mais adesão. Se funcionar, dá para manter o formato online. Caso contrário, é só voltar para o presencial. É uma boa, não acha?

 

Como a ClipEscola pode ajudar?

 

Espero que até aqui as nossas dicas sobre a reunião de pais e mestres estejam sendo úteis! Você sabia que além de te ajudar com dicas, podemos te ajudar também com tecnologia? Nós da Clip temos a solução que você precisa para engajar os pais nos encontros, sejam eles físicos ou virtuais.

 

Para começar, a nossa Plataforma de Transformação Digital M3I possui a agenda digital mais completa que você encontrará no mercado. Ela permite uma comunicação escolar redondinha e, é claro, o agendamento de reuniões com tudo o que falamos antes: confirmação automática, sincronização com a agenda do celular dos pais e envio de lembretes automáticos. Solicite mais informações sobre a nossa agenda digital por aqui.

 

Sabe o que mais a nossa plataforma tem? É isso mesmo que você está pensando: salas virtuais! Elas normalmente são usadas para aulas, mas podem facilmente ser convertidas em salas de reunião também. Então, a mesma ferramenta que a sua instituição usa para agendar o evento pode ser utilizada também para a própria realização dele! 

 

Vai dizer que não é uma boa concentrar tudo em um só lugar? Com a Clip, você pode! Que tal marcar uma conversa com a gente para saber como funciona? Basta solicitar o nosso contato por aqui.

 

Leia mais
– Enquetes escolares: desvende as possibilidades de pesquisas
– Agenda Digital: transforme a comunicação da sua escola

 

Já está ansioso para colocar as nossas dicas em prática na próxima reunião de pais e mestres da sua escola? Se precisar de uma ajudinha aí, já sabe… pode contar com a Clip!

 

CTA_ClipEscola para Redes de Ensino

AUTOR:

Graziela Balardim

A autora é Jornalista, pós-graduada em Produção Multimídia e atua na ClipEscola como Conteudista de Marketing Digital.