fbpx Skip to content
Agenda de papel

COMPARTILHE

04 de dezembro - 2020

5 motivos para abolir a agenda de papel das comunicações escolares em 2021

Tempo estimado de leitura: 8 minutos (1526 palavras, 8443 caracteres)

Passa pela sua cabeça a ideia de voltar para a agenda de papel depois que a pandemia acabar? Ainda que a sua escola tenha utilizado-a a vida inteira, vislumbrá-la agora nas rotinas parece bem estranho, não parece? É como querer voltar a um passado que já não cabe na realidade escolar. Tanta coisa aconteceu em 2020 que parece até que uma década atravessou o tempo de um ano. O que te prende à agenda de papel hoje além da nostalgia?

 

Para te ajudar a visualizar um cenário completo e espantar de vez esses pontos de interrogação que ainda permeiam a sua cabeça, te convido a vir comigo e avançar nesta leitura. Vamos lá?

 

Veja só os motivos que a sua escola tem para abolir a agenda de papel de vez em 2021:

 

1 – Em situações inesperadas, não dá para contar com ela

 

Você viu como a agenda de papel te deixou na mão nesta pandemia? Por ela você não conseguiu se comunicar com nenhuma família, não é mesmo? E justo no momento em que os pais estavam aflitos sem saber como as coisas iriam acontecer. Quando eles mais precisavam de informações da escola, ficaram no escuro.

 

Não pense: “ah, mas quando a pandemia acabar isso já terá passado, então está tudo certo”. Situações inesperadas podem acontecer a qualquer momento. O Coronavírus não foi a primeira pandemia que enfrentamos no século XXI. Caso você não se lembre, entre 2009 e 2010 enfrentamos a pandemia de H1N1, e na época algumas escolas chegaram a fechar por cerca de duas semanas. Imagina se o susto tivesse feito com que todas as instituições se abrissem para a tecnologia já naquela época? 2020 teria sido bem diferente, não é?

 

Mesmo que outra pandemia não surja tão cedo, há outras situações que podem acontecer e impedir que as aulas ocorram presencialmente, como por exemplo greve dos transportes coletivos e desastres naturais. É importante que a escola esteja preparada para, no mínimo, não precisar cortar as comunicações com as famílias em eventos assim. O que salva nessas horas é a agenda digital. As instituições que já a usavam no início de 2020 que o digam!

 


2 – O ensino será híbrido e, em alguns casos, totalmente EaD

 

Em 2021 a agenda de papel não conseguirá suprir a comunicação da escola com os pais, ou ao menos, não com todos. Acontece que não será possível ter 100% dos estudantes em sala de aula. O ensino será híbrido, ou seja, parte da turma ficará na escola e a outra parte estará em casa assistindo à transmissão ao vivo do conteúdo. Há também escolas que realizarão uma volta opcional, então alguns estudantes ficarão em EaD 100% do tempo. Percebeu o problema?

 

A agenda de papel é física, e requer que o professor possa pegá-la com as mãos e anotar os recados. Porém, não há como anotar recados na agenda de estudantes que não estão presencialmente em sala. Então, como a agenda de papel pode ser viável para o contexto que teremos em 2021?

 

Se a escola voltar à agenda de papel, simplesmente alguns pais receberão os recados, mas outros não. Isso formará vários “buracos” na comunicação escolar. Se a ideia é começar 2021 com o pé direito, por que não evitar o problema?

 

3 – A tecnologia escolar estará em alta em 2021

 

Você percebeu o quanto a transformação digital foi acelerada em 2020? Quando a tecnologia foi a única alternativa, todos correram para ela, e ao longo do ano os recursos digitais criaram raízes dentro das rotinas das escolas. Em 2021, a tendência é que a tecnologia escolar se mantenha em processo de evolução contínua dentro das instituições.

 

Sabe o que isso significa? Que voltar à agenda de papel é escolher retroceder enquanto todas as outras escolas estão avançando. Fazendo isso, a sua instituição corre o risco de ser vista como defasada os olhos do público. Olha, com tanta concorrência por aí, eu não me arriscaria.

 

Fora que com tanto avanço da tecnologia nas escolas, diversos processos já migraram para o digital além da comunicação. A agenda digital se integra a sistemas de gestão, de catracas, de bibliotecas, etc. E a agenda de papel, se integra a quê? Percebeu como escolhê-la é estagnar tecnologicamente em tudo? Será que compensa?

 

4 – Se os pais não conferiam a agenda de papel antes, depois da pandemia não conseguirão nem lembrar que ela existe

 

Um fato que com certeza você já percebeu é que os pais, em épocas normais, já não conferiam a agenda de papel regularmente. Nos casos em que ao menos um dos responsáveis fazia isso, certamente o outro não fazia. Ou seja, antes da pandemia a popularidade da agenda física já não ia muito bem, não é?

 

Qual você acha que será o comportamento dos pais em 2021 em relação à agenda de papel, caso ela volte? Você acha que pior do que estava não ficará? Olha, você irá se surpreender! Até os poucos pais que tinham o hábito de conferir a agenda com regularidade agora já estão acostumados a se comunicar com a escola de outras formas. Portanto, algo que já não cativava o público, na pandemia o perdeu de vez!

 

Pode ter certeza de que se a escola não der uma opção melhor do que essa aos pais em 2021, eles acabarão recorrendo a recursos genéricos para falar com a instituição, como WhatsApp, e-mail, telefone e até abordagens nas redes sociais dos professores. Já imaginou a “casa da mãe Joana” que ficará a comunicação escolar? Se o que você quer é eficiência, organização e engajamento, a dica é aderir à agenda digital!

 

5 – Todo o corpo docente já se habituou a usar tecnologia

 

Se antes da pandemia a sua escola ainda usava agenda de papel porque tinha receio de que os colaboradores não se habituariam à agenda digital, agora isso ficou no passado, não é mesmo? Se tem algo que já entrou para a rotina da equipe docente hoje é o uso da tecnologia.

 

Todos os professores, até mesmo aqueles que mais torciam o nariz para os recursos digitais, acabaram tendo que se render a eles para conseguir dar continuidade às aulas. Depois de meses explorando possibilidades tecnológicas, você acha que eles ainda teriam medo da agenda digital? Não teria cabimento, certo?

 

Aproveite que já estão todos familiarizados com a tecnologia, e todos com a mente mais aberta do que nunca, e elimine de vez a agenda de papel das comunicações escolares 2021! Se tem um momento oportuno para inserir a agenda digital na escola, o momento é este. Não vá deixar passar a oportunidade hein? Quando se perde o ritmo, já era!

 

Qual agenda digital me dará uma comunicação escolar de excelência?

 

Percebeu que começar 2021 sem a agenda de papel é uma excelente ideia? Que ótimo, já avançamos então! Agora a questão é encontrar a agenda digital que supra todas as necessidades de comunicação da sua escola, certo?

 

Olha, eu sou suspeita para falar, mas o fato é que nem procurando com uma lupa você encontrará no mercado agenda digital mais completa do que a ClipEscola. Se você não acredita em mim, dá só uma olhada em todas as possibilidades que a solução oferece.

 

Resumindo: não há ponto de contato entre pais e escola que a ClipEscola não contemple. Pela agenda você envia recados digitais com confirmação de leitura que não pode ser desativada; programa horários para as respostas aos pais; agenda disparos; acessa uma biblioteca de templates personalizados; coleta autorizações e atestados; agenda eventos que ficam sincronizados com o celular dos pais; cria grupos de conversas instantâneas só entre pais, só entre alunos ou só entre colaboradores; e muito mais!

 

A ClipEscola possui também um Ambiente Virtual de Aprendizagem completo, no qual as aulas híbridas e de EaD podem ser realizadas; possui um assistente de recebimentos que te ajuda muito na questão da inadimplência; possui assinatura digital para que a sua escola realize matrículas e rematrículas online; entre diversos outros módulos. Para facilitar, que tal solicitar uma apresentação por aqui?

 

Leia mais
– Agenda: compare a de papel com a digital e veja qual é a melhor opção
– Quais são os recursos necessários para a adesão à agenda digital?

 

Você viu como a agenda de papel não faz nenhum sentido para a sua escola em 2021? Se o que você quer é evoluir, conte com a gente!

 

CTA - Informações em Geral

AUTOR:

Graziela Balardim

A autora é Jornalista, pós-graduada em Produção Multimídia e atua na ClipEscola como Conteudista de Marketing Digital.